Panorama do diagnóstico de linfomas nos pacientes do sus: análise de dados abertos para o planejamento estratégico da saúde *

Introdução:

Conhecer o panorama do diagnóstico de linfomas nos pacientes tratados no Sistema Único de Saúde (SUS) nos últimos 10 anos é um desafio para o planejamento estratégico da saúde. O diagnóstico precoce (estadios I e II) é fator de bom prognóstico, ao passo que a doença avançada (estadios III e IV) é de pior prognóstico. O diagnóstico precoce é uma valiosa ferramenta para o controle da doença e para possibilitar melhores desfechos.

Read More